DIREITOS E DEVERES

Actuar com as pessoas, famílias e comunidade é estabelecer uma relação de reciprocidade de dar e receber que exige direitos e impõe deveres.

Direitos dos Voluntários:

. Desenvolver um trabalho de acordo com os seus conhecimentos, experiências e motivações;

. Receber apoio no desempenho do seu trabalho com acompanhamento e avaliação técnica;

. Ter ambiente de trabalho favorável e em condições de higiene e segurança;

. Participação das decisões que dizem respeito ao seu trabalho;

Deveres do Voluntário:


Para com :

Os destinatários:

• Respeitar a vida privada e a dignidade da pessoa;

• Respeitar as convicções ideológicas, religiosas e culturais;

• Guardar sigilo sobre assuntos confidenciais;

• Usar de bom senso na resolução de assuntos imprevistos, informando os respectivos responsáveis;

• Garantir a regularidade do exercício do trabalho voluntário.


A Instituição:

• Observar os princípios e normas inerentes à actividade, em função dos domínios em que se insere;

• Actuar de forma diligente, isenta e solidária;

• Zelar pela boa utilização dos bens e meios postos ao seu dispor;

• Garantir a regularidade do exercício do trabalho voluntário.

• Informar a organização promotora com a maior antecedência possível sempre que pretenda interromper ou cessar o trabalho voluntário.

Os outros voluntários:

• Respeitar a dignidade e liberdade dos outros voluntários, reconhecendo-os como pares e valorizando o seu trabalho;

• Fomentar o trabalho de equipa, contribuindo para uma boa comunicação e um clima de trabalho e convivência agradável;

• Facilitar a integração, formação e participação de todos os voluntários.

Associa-te


Saiba aqui como ser Associado da ASMS.

Ser Associado